28 de jan de 2013

5 Dicas de SEO no Facebook

Pra você que trabalha com páginas no Facebook e precisa sempre gerenciar a página de uma micro empresa ou pequena empresa e não tem muito conhecimento sobre Search Engine Optimization (SEO) segue a dica de um estudo publicado em um dos maiores site sobre Facebook Marketing em língua espanhola ao Marketing en Facebook publicou um artigo bem legal dando dicas de SEO a partir de um Estudo publicado pela SEO BrightEdge. De acordo com o estudo da BrightEdge 70% das 200 marcas líderes no Fortune 500 não têm o seu facebook posicionado no top 20 quando sua marca é pesquisada no Google.


Conseguir que sua página do Facebook se posicione bem é uma boa maneira de mover-se em resultados de pesquisa com os comentários negativos a sua empresa, ou concorrentes ou retalhistas que estão usando a sua marca. Isso pode ajudar você a gerenciar sua reputação online, melhorar a sua visibilidade e aumentar o envolvimento dos usuários no Facebook.

As principais recomendações deste estudo são:

  1. Defina uma URL personalizada para corresponder exatamente ao nome da sua marca. Evite colocar outras palavras para tentar se posicionar de um modo geral. Nome curto e focado na marca.
  2. Link para sua página do Facebook em seu site. Certifique-se que o link para o URL personalizada usa texto âncora [suaMarca] no Facebook. Linkar de preferencia na Home, que possivelmente é a que mais tem PageRank, mas você também pode linkar a partir de páginas internas.
  3. Mencione o nome de sua marca nos conteúdos que você postar no Facebook. São lidos por robôs de busca e pode ajudá-lo a melhorar o posicionamento.
  4. Obtenha mais “curtir”. Os links gerados a partir de perfis de usuário com murais “públicos” e páginas que apontam para o sua, são rastreadas pelos mecanismos de busca. Obtenha mais “curtir” com anúncios, plugins sociais, e histórias patrocinadas.
  5. Criar sub-páginas para palavras-chave que lhe interessam. Se seu site tem diferentes seções ou categorias, considere especificamente a criação de páginas adicionais para essas seções e linka-las a partir das seções relevantes do seu site. Referenciar essas páginas a partir de sua página principal do Facebook.
Parece que o Facebook está percebendo que não é fácil para as empresas terem um desempenho com todas as novas opções que o Facebook oferece. A inovação contínua, que estão sujeitas, por vezes, torna-se difícil para as empresas seguirem o ritmo. Publicar este tipo de documento ajuda a ter algumas regras básicas que orientam a melhorar a comunicação da marca no novo ecossistema social.
No ano passado O SEOMOZ publicou o relatório anual  sobre os fatores que influenciam o posicionamento de um site no Google. E nesse relatório houve uma alta correlação entre o número de vezes que os usuários compartilham um link no Facebook, e como ele está posicionado no Google. 
Mas há uma correlação, para não dizer que não há nexo de causalidade. Ou seja, o fato de que seu conteúdo foi  compartilhado no Facebook não é a causa dessa posição melhor, mas pode tomar como um indicador das possibilidades que você tem que posicionar-se bem.
Matt Cutts explicou que o Google não usa os links compartilhados no Facebook como um indicador para um melhor posicionamento. De acordo com as suas declarações, o Google não consegue ler as informações do Facebook. No entanto, ele acredita que, provavelmente, o fato de que uma grande quantidade de conteúdo ser compartilhado no Facebook torna mais provável que as pessoas vão naturalmente associar e, assim, uma melhor posição.
Portanto, a ideia principal é que continuemos a compartilhar conteúdo no Facebook e tentar engajar os usuários para que comentem e compartilhem.   Então deixo o estúdio, você pode lê-lo completamente. Sinta-se livre para deixar suas impressões nos comentários.
Facebook brightedge-whitepaper-socialseoFonte

Nenhum comentário:

Postar um comentário